Trecho do filme Gunda (2020)/ Reprodução

P U B L I C I D A D E

O ator norte-americano e ativista Joaquin Phoenix, protagonista de Coringa (2019), lançou na sexta-feira (11) um documentário voltado para o incentivo ao veganismo. O artista atuou na produção-executiva de “Gunda”, que conta a história de uma porca e seus filhotes, cujo destino é o matadouro.

O longa, dirigido pelo russo Victor Kossakovsky, é todo em preto e branco e desprovido de diálogos. “Victor Kossakovsky elaborou uma meditação visceral sobre a existência que transcende as barreiras normais que separam as espécies. É um filme de profunda importância e talento artístico”, comentou Phoenix.

P U B L I C I D A D E

Os dois se conheceram depois do discurso de Phoenix no Oscar, que ganhou o prêmio de melhor ator. Emocionado, o artista denunciou a atitude dos humanos de permitir “inseminar artificialmente uma vaca (…) e quando ela dá à luz”, seu filhote é roubado “apesar de seus gritos de angústia”. 

O filme “Gunda” está disponível na plataforma Film Forum, sob uma taxa inicial de U$ 11.99 para uma exibição de 72 horas. Ao fim da exibição, o valor inclui um vídeo exclusivo de perguntas e respostas com Phoenix e Kossakovsky.

P U B L I C I D A D E

Confira o trailer:

P U B L I C I D A D E

Luísa Fragão
Jornalista e estudante de Ciências Sociais na FFLCH-USP. Vegetariana desde os 16 anos. Acredita que a vida sem crueldade animal é muito mais ética, sustentável e saudável. É subeditora do Portal Veg.