Foto: Marcus Eriksen/ Algalita Marine Research Foundation

P U B L I C I D A D E

Cientistas e especialistas da indústria calculam que a quantidade de plástico nos oceanos pode triplicar até 2040. Segundo os pesquisadores, a quantidade de plástico descartada aumentou durante a pandemia e, para evitar maiores danos, seria necessária uma ação massiva por parte de indústrias e lideranças mundiais. O estudo feito para as ONGs The Pew Charitable Trusts e a Systemiq.

Segundo a ONG Associação Internacional de Resíduos Sólidos, máscaras e luvas de látex estão chegando em praias asiáticas constantemente, e aterros sanitários de todo o mundo têm recebido quantidades recordes de embalagens, especialmente relacionadas a delivery.

P U B L I C I D A D E

Caso não haja mudança de atitude, os pesquisadores afirmam que a quantidade de plástico jogada no mar a cada ano aumentará de 11 milhões para 29 milhões de toneladas. Em 2040, 600 milhões de toneladas à deriva nos oceanos.

À Reuters, Winnie Lau, gerente-sênior do Pew e coautora do estudo, afirmou que a questão “não é problema de um país. É problema de todos”. “Vai piorar se não fizermos nada”, completa. O aumento de resíduos plásticos vem se acelerando desde 1950, e é uma grande preocupação entre ambientalistas e especialistas.

P U B L I C I D A D E