Foto: Prefeitura de Fortaleza

P U B L I C I D A D E

O governo do Ceará, sob gestão de Camilo Santana (PT), lançou um programa no último domingo (10) que deverá selecionar 10 mil jovens, entre 15 e 29 anos de idade, para aprender, elaborar e executar estratégias sustentáveis de preservação do meio ambiente no estado.

Os participantes do Programa Agente Jovem Ambiental (AJA) receberão um auxílio mensal de R$ 200, durante um intervalo de dois anos. Cearenses que desejem participar devem estar cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), já que o programa abrange apenas jovens de baixa renda.

P U B L I C I D A D E

Segundo informações do Diário do Nordeste, o edital com o detalhamento da seleção pública ainda será publicado até o fim deste mês para que o cronograma já inicie em março.

“É uma política pública voltada à inclusão social e ambiental. Vamos atender aos jovens mais vulneráveis do Estado. O agente vai contribuir para melhorias ambientais do nosso Estado, nas unidades de conservação, em importantes espaços sociais. É um programa que vai estimular a participação desses jovens no contexto ambiental. Não tenho dúvida que vai ser um aprendizado enorme para eles”, explicou o governador Camilo Santana.

P U B L I C I D A D E

Dentre as ações previstas estão atividades de educação ambiental voltadas para a coleta seletiva, arborização, campanha contra o abandono de animais, ocupações irregulares em áreas de preservação permanente, dentre outros. O programa também planeja campanhas de reflorestamento, proteção de espécies da fauna e flora e o manejo sustentável dos espaços naturais.

P U B L I C I D A D E