Reprodução

A empresa familiar de carnes vegetais No Evil Foods, com sede nos Estados Unidos, anunciou nesta quarta-feira (27) que vai aumentar o salário de seus funcionários para R$ 90 por hora. Todos aqueles que atuam na linha de produção da fábrica de Asheville, na Carolina do Norte, receberão o aumento.

De acordo com a empresa, a medida foi adotada como forma de contribuir com os funcionários durante a pandemia do coronavírus. Antes do reajuste, eles recebiam cerca de R$ 78 por hora. A empresa também tem garantido o pagamento integral de seguro saúde, folga, férias e outros benefícios.

“Optamos por ser líderes na indústria de alimentos e estamos entusiasmados em fornecer esse aumento salarial indefinido à nossa equipe, que demonstrou seu compromisso com a nossa missão de manter o Plant Meat nas prateleiras e tornar o estilo de vida vegano mais acessível para todos”, em comunicado a cofundadora da No Evil Foods, Sadrah Schadel.

De acordo com o site Vegazeta, a No Evil Foods foi responsável por uma doação de mais de 1,36 mil quilos de produtos na Carolina do Norte e na Califórnia em benefício de pessoas que estão situação de vulnerabilidade social durante a pandemia.