Foto: Tyson Foods

Mais de 200 trabalhadores de uma das maiores marcas de processamento de carne nos Estados Unidos, a Tyson Fresh Meats, testaram positivo para o coronavírus. Os testes foram realizados na fábrica de Madison, em Nebraska, durante os dias 1 a 4 de maio. Os resultados foram informados pela empresa nesta semana.

A fábrica de Madison emprega, ao todo, 1.467 trabalhadores. Com isso, cerca de 14% da força de trabalho do local contraiu o vírus. Até esta segunda-feira (11), o condado de Madison tinha 265 casos de coronavírus no total.

De acordo com a Fox, a fábrica de Madison ficou ociosa durante para higienização enquanto os funcionários eram testados. “A Tyson é a maior empresa de alimentos dos Estados Unidos e estamos assumindo nossa responsabilidade durante este período sem precedentes”, disse Steve Stouffer, presidente do grupo da Tyson Fresh Meats, em comunicado.

“Continuaremos na vanguarda no que diz respeito à segurança, explorando novas maneiras de manter nossos funcionários saudáveis ​​e proteger nossas comunidades enquanto trabalhamos para manter os alimentos nas mesas dos Estados Unidos”, continuou.