Reprodução/Instagram

O Centro de Vida Selvagem de Limbe, em Camarões, poderá fechar as portas nas próximas semanas por falta de verba para manter centenas de gorilas, chimpanzés e outros primatas que habitam no local.

Sem ter a possibilidade de abrir para visitantes durante a pandemia do coronavírus, o santuário perdeu metade de sua receita nos últimos meses.

O centro também tem como fonte de renda doações de instituições norte-americanas e europeias. Estas, por sua vez, também cortaram os repasses por conta da doença.

“A ração animal, precisamos arrecadar dinheiro para isso. Se não tivermos dinheiro, não podemos pagar a ração”, explicou Guillaume Le Flohic, gerente do parque, em entrevista à Reuters.

Camarões registrou mais de 1,6 mil casos de Covid-19, país com o maior número de infectados da África central.