Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

P U B L I C I D A D E

Pesquisadores da Universidade Federal do Pará (UFPA) encontraram, em média, seis pedaços de plástico dentro do corpo de 98% dos peixes coletados para estudo na Amazônia.

De acordo com reportagem da BBC Brasil, foram encontradas, ao todo, 383 partículas de plástico. Destas, 201 estavam no trato gastrointestinal e 182 em brânquias de 67 dos 68 peixes analisados pelo grupo.

P U B L I C I D A D E

Pesquisadores alertam que a ingestão de plástico pode provocar a morte dos peixes ou afetar sua reprodução, prejudicando o equilíbrio da cadeia alimentar.

Um estudo publicado na revista Nature Communications em junho de 2017 estima que sejam despejadas no oceano 39 mil toneladas de plástico por ano por meio do rio Amazonas, que passa por Peru, Equador, Colômbia e Brasil.

P U B L I C I D A D E