Foto: Instagram/@lewishamilton

O pentacampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton foi às redes sociais para criticar as tradicionais touradas na Espanha. De acordo com ele, que é vegano desde 2017, a prática é “nojenta” e tortura os animais.

“É realmente nojento, Espanha! As crianças espanholas são ensinadas a torturar e matar touros a partir dos 14 anos. Estamos pedindo ao Ministério da Educação da Espanha que feche imediatamente as escolas de touradas”, disse Hamilton no Twitter.

Na rede social, o piloto da Mercedes pediu ainda que seguidores assinem uma petição, criada pelas Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta), contra as touradas na Espanha.

Em resposta, o ministro da Cultura da Espanha, José Manuel Rodríguez Uribes, criticou o protesto do piloto e disse que suas palavras são ofensivas. “São palavras ofensivas e atacam as pessoas que têm uma paixão e um sentimento positivo por uma prática que no nosso país é considerado cultural”, disse o político em entrevista à rádio espanhola RNE.