Foto: Instagram/ @kev.kumala

Um sacola biodegradável feita de mandioca foi criada pelo biólogo Kevin Kumala, na Indonésia. O produto se assemelha a uma sacola de plástico descartável, mas se transforma em material comestível para peixes, quando jogada no mar.

Kevin criou o produto em viagem à Bali, ilha em que nasceu, após retornar dos Estados Unidos, e observar a imensa quantidade de acúmulo de lixo no local. Em 2014, ele fundou a empresa Avani Eco, que vende matérias como sacolas, canudos, talheres, copos e embalagens biodegradáveis, com tempo de decomposição de 100 dias. O plástico pode demorar até 400 anos.

No caso das sacolas de mandioca, o produto se assemelha ao de plástico, mas não agride o meio ambiente. Segundo a página da empresa no Instagram, a sacola de tamanho médio pode carregar entre 4 e 5kg de material seco.

View this post on Instagram

Our Chief Green Officer – @kev.kumala just went by the office after purchasing some old books from a shop! ? Cool part is he has also been reusing our medium sized cassava bags to carry his purchases around. That’s one of his daily ways for a greener future. #WEcoWednesday done right! ?✨ Fun fact: Avani's medium sized cassava bags can carry up to 4-5kgs load of dry goods! _ Chief Green Officer kami – @kev.kumala baru saja mampir ke kantor nih setelah beli beberapa buku bekas dan dibawa pakai kantong cassava bag Avani yang bisa digunakan kembali. ? Yuk tunjukkan bagaimana bentuk #WEcoWednesday mu hari ini! ?✨ Fun fact: cassava bags medium avani dapat membawa barang kering sampai 4-5kg loh! _ Comment down below your creative ideas for next week’s #WEcoWednesday and tag us. Use the hashtag #WEcoWednesday We can’t wait to see your green actions! ? _ www.avanieco.com for catalog, info, and price list click the link on our bio _ #iamnotplastic #cassavabags #avanieco #ecofriendly #eco #kantongsingkong #antiplastik #indonesiahijau #compostable #saynotoplastic #compostablepackaging

A post shared by Avani ® (@avanieco) on

“Nós buscamos continuamente nos tornar uma ponte para ajudar e encorajar comunidades e negócios a produzirem iniciativas que gerem um impacto sustentável para o meio ambiente. Encorajando o uso do termo ‘responsável’ como um valor central dos três fatores chave: reduzir, reutilizar, reciclar”, anuncia o site da empresa, que diz já ter substituído três toneladas de produtos não sustentáveis desde 2016.