Foto: Instagram/ @cafu2

O ex-jogador da seleção brasileira Marcos Evangelista de Morais, mais conhecido como Cafu, assinou recentemente contrato com a empresa VeganNation, para ajudar na campanha de proteção à Floresta Amazônica.

Cafu é bicampeão mundial pela seleção brasileira, tendo participado dos times que ganharam as Copas de 1994 e 2002. A proposta da VeganNation é que o jogador organize campanhas de educação e conscientização, relativas ao uso de plástico, reciclagem, práticas sustentáveis e conservação da floresta.

O CEO e co-fundador da VeganNation, Isaac Thomas, disse estar ansioso para trabalhar com Cafu e os novos contratados para a equipe de publicidade, em prol de uma sociedade mais sustentável. “Os brasileiros são apaixonados pelo futebol e são bem conhecidos em todo o mundo. Acreditamos que o uso da mesma energia para o trabalho ambiental pode ter um enorme impacto”, afirmou. “O apoio da equipe brasileira de quatro grandes jogadores é uma oportunidade incrível para espalharmos a sustentabilidade e o estilo de vida vegano.”

Segundo o portal VegNews, Cafu explicou considerar a educação uma etapa de extrema importância para a construção de uma sociedade mais justa e sustentável: “A educação é o primeiro passo em direção à mudança e eu apoio completamente a VeganNation nesse assunto. O que está acontecendo na Amazôna é uma grande preocupação, não apenas para nós, brasileiros, mas para qualquer um que se importa com o planeta.” O jogador disse acreditar que, uma vez que todos concordem com a importância de cuidar de como tratamos o nosso planeta, começaremos a ver uma mudança real.

A VeganNation é uma startup britânica, com escritórios em Tel-Avivi, em Israel, que se propõe a criar um ambiente vegano que possibilite às pessoas conhecerem o movimento e adquirirem produtos e serviços veganos. Recentemente, a empresa ganhou um arrendamento de 10 anos para reter 15.000 acres da Floresta Amazônica, em prol da preservação.