Foto: Vinícius Mendonça (Ascom/Ibama)

Grileiros já invadiram 11,6 dos cerca de 50 milhões de hectares de florestas públicas no Brasil. Com isso, 23% dessas áreas já foram tomadas enquanto aguardavam registro e fiscalização do governo federal ou estadual.

Os dados foram coletados pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará em parceria com o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM).

Especialistas alertaram que esse é um cenário que pode piorar nos próximos anos, principalmente por conta de medidas provisórias aprovadas no Congresso que facilitam a grilagem de terras.

Recentemente, por exemplo, a MP 910, conhecida como a MP da Grilagem, foi transformada em projeto de lei e pretende legalizar propriedades tomadas por grileiros até 2014. Terras públicas tomadas, no entanto, concentram 30% do desmatamento e das queimadas na Amazônia, de acordo com dados divulgados pelo IPAM.

Com informações do Eco.