Reprodução

O Observatório do Clima, organização não governamental que reúne diversos movimentos sociais, lançou um site para combater fake news sobre o meio ambiente no Brasil. Trata-se da primeira plataforma criada exclusivamente para esclarecer assuntos sobre o tema.

O portal Facebook.eco vai abordar os principais mitos sobre meio ambiente e verificar notícias falsas que circulam pelas redes.

Uma das seções do site é a “falácias frequentes”, que mostra as principais mentiras sobre clima, floresta, regulação e uso de terras no país. Outra é a “verificamos”, que concentra as confirmações ou não de declarações dadas por autoridades referentes ao assunto.

A plataforma também permite que leitores enviem denúncias de conteúdos suspeitos que rondam na internet através da seção “viu algo suspeito?”.

Um dos mitos que a plataforma já esclareceu é com relação a sustentabilidade do agronegócio no Brasil. De acordo com o Facebook.eco, é mentira que o setor no país seja o mais sustentável do mundo, conforme foi dito em setembro de 2019 pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

“O agro brasileiro tem indicadores ruins de desigualdade, clima, pesticidas e manejo de fertilizantes”, diz o site. “O Brasil é o terceiro com maior uso absoluto de pesticidas no mundo e está entre os 27 países que mais utilizam agrotóxico por área plantada”, afirmam.