Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

P U B L I C I D A D E

O jornal norte-americano The New York Times publicou uma reportagem no último sábado (26) destacando o aumento do número de pessoas vegetarianas no Brasil, país que é o maior exportador de carne bovina do mundo. Segundo o jornal, o Brasil se transformou “em uma potência para a inovação de alimentos à base de plantas”.

O número de autodeclarados vegetarianos no Brasil quase dobrou em um período de seis anos, segundo pesquisa Ibope. Ao todo, 30 milhões de pessoas, ou 14% dos brasileiros, relataram ser vegetarianos ou veganos em 2018.

P U B L I C I D A D E

Segundo a reportagem do The New York Times, as startups brasileiras de alimentos à base de plantas têm visto uma demanda crescente, especialmente a partir de 2019. Empresários relatam ainda que, dentro de alguns anos, os consumidores não vão mais conseguir distinguir entre um hambúrguer de vaca e um produzido com proteína de ervilha, suco de beterraba e amido de batata.

A mudança está sendo impulsionada principalmente por questões de saúde, de acordo com o jornal. Obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares aumentaram no Brasil nos últimos anos, à medida que as pessoas adotaram estilos de vida mais sedentários e a “junk food” se tornou cada vez mais barata e acessível.

P U B L I C I D A D E

Luísa Fragão
Jornalista e estudante de Ciências Sociais na FFLCH-USP. Vegetariana desde os 16 anos. Acredita que a vida sem crueldade animal é muito mais ética, sustentável e saudável. É subeditora do Portal Veg.