Veganismo cresce no futebol

Atletas como Chris Smalling e Messi adotam dieta sem alimentso com origem animal

P U B L I C I D A D E

A TV britânica BBC veiculou uma reportagem que investiga o crescimento do veganismo no universo esportivo, especialmente no futebol. O ex-jogador Jermaine Jenas experimenta uma dieta vegana e conversa com várias pessoas que, ao final do processo, o fazem considerar adotar esse estilo de vida. A reportagem parte do aumento da presença do veganismo no esporte para evidenciar as suas vantagens e benefícios.

Um dos entrevistados por Jenas foi o inglês Chris Smalling, que joga atualmente pela Associação Esportiva de Roma, emprestado pelo Manchester United. O jogador diz que se tornou vegano por influência da esposa, e considera que a sua alimentação é um dos principais fatores para o seu bom desempenho em campo. Smalling já declarou, mais de uma vez, que a transição para o veganismo o ajudou a evitar lesões musculares e melhorou a sua imunidade.

P U B L I C I D A D E

“Eu já falei com alguns jogadores, de clubes diferentes, que têm tendinites, e eu acho que até eles sabem que cortar a carne vermelha vai ajudar nisso, independentemente de se tornarem veganos ou vegetarianos. Eu acho que eles conseguem ver a lógica de que, se você corta isso e come mais alimentos vegetais, há uma correlação de que esse tipo de lesão vai provavelmente sumir”, disse à revista americana Men’s Health, em março.

P U B L I C I D A D E

Entretanto, ele não é o único atleta que cortou alimentos de origem animal da sua dieta. O melhor do mundo, Messi, segue uma dieta vegetariana durante a temporada de jogos, pois considera que isso melhora o seu desempenho. Outro exemplo, dentre os melhores do mundo, é a tenista Serena Williams, que segue uma dieta totalmente vegetal com a sua irmã Venus. No futebol, há também o colombiano Sebástian Pérez e a escocesa Chloe Arthur, que jogam pelas suas respectivas seleções. Ao jornal britânico The Independent, Chloe declarou: “Nos últimos seis meses, tornou-se mais fácil mudar sua dieta. Por que abater animais quando você pode obter todas as refeições nutritivas sem ter que fazer isso?”

Esses atletas evidenciam que o veganismo vem ganhando espaço dentro do esporte e mostram que esse estilo de vida é saudável. Cada vez mais esportistas vêm percebendo os benefícios de dietas vegetais, tanto para a saúde, quanto para o planeta.

P U B L I C I D A D E